Total de visualizações de página

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012



Eu canto em mi.
Descobrir isso mudou o  tom desavesso  da minha longa  perspectiva de nunca chegar a lugar nenhum, De nunca saber para onde vou, ou o que quero realmente da vida.
Poderia cantar em lá ou dó maior.
Mas canto emMi.
Isso é definitivo.
Não é escolha, é fato.
E isso me torna eu mais um pouco. Me deixo  tomar por essa idéia de completude.
Unicamente eu canto em mi. E isso me torna forte.Não preciso escolher.
Assim, sou um pouco mais eu, sem precisar mergulhar no labirinto das escolhas.
Canto em mi, e isso me basta. 


terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Somente aqui posso me reencontrar: dentro de mim mesma.
Se não há saída, há o atalho.
Mas...Pra onde ir quando o atalho parece uma estrada longa demais a seguir?