Total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de maio de 2013

A teimosia é uma tranqueira.
A idéia é ir vivendo a vida e fazendo aquilo que nos cabe no dia a dia: Acreditar que as nossas escolhas são as melhores coisas que fazemos para a nossa vida e para os nossos pares.
Mas aí  coisa não funciona.
A gente tenta tenta de novo.
E não funciona.
De novo.
Nada.
O caldo entorna, bate a depressão, a sensação do  fracasso se instala, causando sérios  danos a nossa saúde mental.
 Mas como saber se o que a gente faz é teimosia ou apenas perserverança?
 Como decidir se o que a gente quer quer, nunca será o que gente decidiu que será?
Quando um amigo verdadeiro, daqueles que realmente  te querem bem. nos diz em  alto e bom som que as coisas que a gente está fazendo, pensando, decidindo é chover no molhado.
Quem vê de fora vê melhor, porque não está envolvido diretamente na situação.
E o que nos  resta é  literalmente adestrar o nosso  cérebro a desistir de tal coisa, mandar mensagens pra ele de que há outras coisas além do horizonte, que nem tudo está perdido,e que sim, apesar de parecer não haver uma saída,  sempre haverá  uma saída.
Diferente de hoje.
Nem melhor, nem pior.
Pensar que desistir as vezes é a unica saída.
E isso, não parece não, mas alivia a alma.