Total de visualizações de página

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

...


Hoje acordei bem cedo e vi o sol nascer na sua plenitude.
Aliás a primeira coisa que vi no céu pouco claro foi uma linda nuvem dourada que nada mais era que um pequeno risco.
O que vejo de absoluto: A beleza da manhã, o ritmo sossegado, a brisa brincalhona;ao longe um galo canta, um cachorro ladra, o sol brilha por entre espessas nuvens brancas, e as amendoeiras do pátio da minha garagem reluzem de brilhante.

A gente devia fazer isso mais vezes:observar a vida passar sem cobrar nada dela, apenas observar as coisas e nomeá-las em nome da beleza e da vida.

Observar apenas no bom sentido. Sem observar os detalhes, ver apenas a graúdeza das coisas.As qualidades, os cheiros, a beleza da jovem e do jovem que passa, o riso gostoso das crianças jogando bola na quadra, o quanto de mistério que a vida lhes reserva.
Tenho quase que certeza que um anjo passa nessa boniteza toda.

É bom acordar de manhã, quando o calor ainda não é tão perservo e você pode tomar uma xícara de café sem suar tanto. Faltam 9 dias para o verão e a vida já tá pegando fogo!

Não sei se amanhã quando acordar, verei com os mesmos olhos a manhã de amanhã, por isso resolvi guardar pra mim a manhã de hoje e a levarei comigo para sempre junto com outros badulaques.