Total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de julho de 2009


E então estamos aí pro que der e vier.
E também para o que não der.
Estranha as palavras quando elas servem para te ferir.
Estranho, tão estranho, porque é dor física, que vai penetrando na pele, e dói tanto....tanto...

Estranho esse mundo.Estranho.Tenho medo.
Tenho tanto medo, que debaixo do meu cobertor começa a me parecer o lugar mais seguro do mundo.
Igual criança vou seguindo.

Esquecida da esperança.