Total de visualizações de página

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

(maggie taylor-Bee Dress)


Vi a Ponte de Madison, novamente pela terceira vez,aos trancos e barrancos.
Nunca consigo ver esse filme numa boa,sempre acontece algo,sempre me levantando, falando ao telefone, colocando comida pras crianças, dando esporro em um e em outro...
Enfim, nunca pude sentar e ver o filme na graça de deus.
Sábado, eu vi uma parte que ainda não tinha visto. O da despedida do Robert e da Francesca.
Nossa me acabei de chorar.
Aquela renúncia era tão minha, aquele adeus era tão meu...
Aquele amor entre dois maduros, duas pessoas que sabiam exatamente o que estavam fazendo era muito mais triste do que a despedida dos dois jovens de After Sunrise.
Chorei e fui pro shopping, triste como se a história tivesse acontecido comigo.

Hoje revi Hitchcok, com seu Psicose.
A cena da banheira ainda continua sendo...
Esse filme deve ter sido uma sensação nos anos 60.
A Jú que assistiu comigo deu gritinhos de pavor.
Eu apenas ri.
Mas vale a pena assistir.

Outras miudezas:

Indo, sempre indo.
E no meio do caminho, o seu sorriso que é a coisa mais linda do mundo.
E me acaricia.
Eu sublimo e me derreto de delicias incontáveis...