Total de visualizações de página

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

aberturas e armadilhas

Tomar decisões não é fácil.

Decisões requerem toda uma estratégia, noites sem dormir para serem colocadas em prática com a minima destreza e perfeição...

É com rigor de jogador de xadrez que tenho encarado essa fase na minha vida.
Com total atenção.
E quase devoção.

Decidir usar minhas competências e habilidades a meu favor.

Estou voltada para coisas que antes não prestava atenção.

Mas agora não tenho mais para onde correr.

Se tem uma coisa que detesto é ficar pastando numa rotina.Desordenamente.
indefinidamente.

Estou estabelecendo meus planos de voo.

De preferência, passando em rotas sem turbulências