Total de visualizações de página

terça-feira, 26 de agosto de 2008

sobre ser mãe


De fato, a vida tem seus encantos.

Quantos menores, parecem que se tornam mais importantes.

Pelo menos eu penso assim.Me atento aos detalhes, gosto dos gestos ínfimos, da minimilidade, se é que existe essa palavra...

Dia desses, de manhã bem cedinho, eu tomava um café na janela e quando olhei pro pátio, vi uma avó tomando banho de sol, com um bebê recém nascido.

Na hora me lembrei que também fiz esse mesmo ritual no nascimento do Bi e da Ju.

Gesto doce de levar o filho para esquentar na luz do sol, conhecer o calor mágico e quente da natureza....

Ao ver o nenê tão bonitinho, com os pezinhos mexendo, tão frágil, me lembrei que a vida é delicada e que ter filhos, por mais que seja cansativo, desesperador e por vezes decepcionante é um momento único.

Naquele momento esqueci todas as minhas dúvidas sobre a maternidade e fui feliz por ter tido a graça de ter concebido,gerado e ter dado a luz.

Sempre digo aos meus filhos que somos mais que mãe e filhos, mais que uma família, somos companheiros de viagem.

Aprendemos juntos para sermos melhores,erramos, tiramos da vida o melhor,e vamos tentando conhecer o mundo, e mudá-lo, transformá-lo num lugar melhor.

E assim , vamos seguindo entre trancos e barrancos, de olhos fechados, a cabeça voltada para o futuro....

Alhos por Bugalhos:

"Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas." - Nietszche