Total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de abril de 2010

utopia e barbárie- silvio tendler

 Lendo umas narrativas do filme do Silvio Tendler "Utopias e Barbaries", que peguei na UERJ ontem,  destaco a seguinte fala . O entrevistador pergunta:

_Qual foi o maior (e pior) legado das barbáries políticas e econômicas do seculo XX?

Silvio responde: _O fim da solidariedade e do sonho de um mundo fraterno(...)

Achei isso de uma grandeza  e de tanta verdade que entristece...

O Silvio alías é solidário mesmo. Quando um amigo meu, o Pablo Cunha, dava cursos de cinema e gravava um curta  com a  garotada lá em Japeri, o Silvio, que não sei porque cargas d'agua passava por ali, não só se solidarizou-se com o grupo, deu toques como ainda  fez uma ponta no filme, chamado O Bêbado e o Lobisomem.

A postura do Silvio é digna de nota .