Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

eugênio de andrade

A poesia de Eugênio de Andrade me encontrou.

De um lirismo sem fim, de uma verdade tão linda.

E sua fala, é o que vou desejando a todos e a todas, ao mundo, à você....

"É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer."