Total de visualizações de página

quinta-feira, 4 de março de 2010

sobradinho

Hoje eu  recebi uma visita de alguém de Sobradinho.

Sobradinho é uma cidade que nunca fui, mas que é marcada pela música de Sá e Guarabira que poeticamusicalmente expõem  toda a problemática das construções de reservatórios, que chegam nas cidades e invadem tudo,  alagam tudo, em nome do tal progresso.

Essa música faz parte de mim. Sobradinho faz parte dos meus momentos.É uma das canções-tema da minha vida.

Cantei  muito  essa música e  foi com ela que  arrisquei minhas primeiras notas no violão.

Taí.

Sobradinho.

Nessa tarde onde tudo parecia verdade. 




Sobradinho

(Sá e Guarabyra)
Clique para ouvir em RealPlayer com Sá & Guarabyra



O homem chega, já desfaz a natureza
Tira a gente, põe represa, diz que tudo vai mudar  

O São Francisco lá prá cima da Bahia
Diz que dia menos dia vai subir bem devagar
E passo a passo vai cumprindo a profecia

Do beato que dizia que o sertão ia alagar
O sertão vai virar mar, dá no coração
O medo que algum dia o mar também vire sertão

Vai virar mar, dá no coração
O medo que algum dia o mar também vier sertão  

Adeus Remanso, Casa Nova, Santo Sé
Adeus Pilão Arcado, vem o rio te engolir  

Debaixo d'água lá se vai a vida inteira
Por cima da cachoeira o gaiola vai subir
Vai ter barragem no alto do Sobradinho
E o povo vai se embora com medo de se afogar ...

Remanso, Casa Nova, Santo Sé, Pilão Arcado, Sobradinho adeus, adeus