Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Bondade e etc...


Minhas duas gatinhas


Bajulo a mim mesma a fim de me perdoar.
Queria muito ter herdado de minha mãe, além do dom de contar histórias, a caridade espontânea que lhe é tão inata e verdadeira.
Bondade assim não existe mais. De todas as gentes que passaram pela minha vida, poucas vi como ela.
É caridosa porque nasceu assim.Chega quase a ser poética.
Vicentina por opção, os pobres da igreja quando a vêem só faltam beijar sua mão.
Dia desses, ela me contou com um ar meio encabulado que um rapaz, chegou perto dela e falou.- A senhora lembra de mim?
Ela nos seus oitenta anos, ficou com medo de dizer que não e o rapaz pensar que ela estava caduca.
_Mais ou menos. (Com certeza ela guardou essa omissão para depois contar para o padre. Porque minha mãe vive caçando pecados para comungar aos domingos. Sabe como é né? Pecar é estar vivo.)
_ Pois eu não esqueço a senhora. Numa natal desses da vida, eu tava desempregado e a senhora foi lá em casa com uma cesta de natal. Me lembro que tinha até um frango. Nossa, minha família ficou tão contente que choramos muito. Naquele dia a gente não tinha nada pra comer. Depois desse dia , a senhora com os mantimentos da igreja mantiveram minha família até que eu arranjasse um emprego
Uma ajuda dos céus.
Minha mãe deve ter lhe sorrido.
Um sorriso mais que simples.
Verdadeiro.
Um sorriso de quem ajuda, sem pensar no amanhã. Quiçá em coroas prometidas em outros céus.
Quando ela comentou comigo, podia-se ver o espanto escancarado em seu rosto.
- Nunca pensei na dimensão do que fazia.Nunca imaginei isso! Me senti meio enfermeira, sei lá.
Rimos gostosamente.
Minha mãe não tem jeito mesmo!
Uma das coisas mais lindas que vimos durante toda nossa infância e adolescência foi esse traço marcante no caráter de minha mãe.
Ela sempre foi um poço de bondade. Mas não um poço de água salobra, desses rasos, que não enche nem uma caçamba.
Minha mãe é um poço fundo, de água doce e pura.
Hoje em dia, as pessoas fazem mershandising de suas imensas bondades.
Minha mãe fez várias pessoas felizes, e isso era uma coisa normal, faz parte da sua vida, é inato em seu ser..
Para ela ajudar não merece nenhum crédito.
Compromisso de vicentina.
Compromisso de vida.
Talvez ela não consiga perceber o valor e a grandiosidade de seu gesto que se torna maior pelo seu total desprendimento aos elogios alheios.
Bondade não dá em árvore. Vem de berço. .


Porque nesses tempos de Criança esperança, é muito fácil fazer bondade com o dinheiro dos outros e depois descontar do I.R.