Total de visualizações de página

sábado, 18 de agosto de 2007

...



Essa semana meio que passou e eu não vi.
Me dediquei inteiramente a um novo projeto que será publicado pela Secretaria Municipal de Educação de Japeri sobre a lei 10.639/03.

Estou também com burcite e marido doente em casa.
Hoje inclusive tem uma matéria no Globo dizendo que as mulheres que tem marido,trabalham sete horas a mais que as outras que não tem.
Quer dizer, maridinhos dão trabalho!
E como!

Pra completar essa semana esquisita de muito trabalho e doenças, perdemos um amigo de acidente de moto.
bate uma deprê.

Na minha cabeça, a morte é como se fosse um barquinho.
Há os que vão fazer a travessia de maneira tortuosa, mas há outros, que vão apreciar a viagem.
Eu espero que meu amigo, esteja aproveitando a dele.

E o que resta pra gente que ficou são as lembranças, momentos passados juntos,sorrisos, brincadeiras e este amor tão intenso que a Famila Quintanilha sempre demonstrou àqueles que vivem ao seu redor.

O que sobra pra gente mesmo é a saudade.