Total de visualizações de página

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Sobre Escolhas...

Somos nossas escolhas

Somos vítimas de nossas escolhas.

Estarmos aptos para vivenciar o que escolhemos, é que por vezes se torna o grande problema.

Muitas vezes, torna-se mais fácil culpar os outros pela nossa incapacidade de realizações, ou na esfera dos fracassos dos relacionamentos amorosos, culpar o amor por não sermos amados como merecíamos, ou responsabilizar os filhos pelos erros sendo que nós mesmos os criamos.

Escolhemos nossa vida, nosso trabalho, nossos companheiros, a cor do nosso carro, nosso médico, assim como escolhemos se vamos viver bem ou se vamos viver mal.

Melhor ainda é pensar em quem são os felizardos no campo das escolhas. Poder escolher acaba sendo um privilégio num país como o que vivemos.De miséria e pobreza de uma grande maioria.

Mas num mundo acelerado que vivemos, pouco nos damos conta desse privilégio

Quem não conhece uma pessoa que adora posar de vitima das circunstâncias?

Acaba sendo tão mais fácil culpar os outros do que as nos mesmos pelas escolhas que fazemos.

Assumimos tantos papéis, que por vezes esquecemos apenas de sermos nós mesmos.

E não há como fugir:Nós somos nossas escolhas.

Oxalá pudéssemos sempre escolher as opções que fortalecessem nosso ego ou enriquecesse nossas emoções.

Oxalá que nossas escolhas nos tornassem mais humildes, mais pacientes, mais preservadores ao invés de destruidores....

Por vezes escolhemos os caminhos mais difíceis para trilhar. Optamos pelas escolhas fáceis, que a curto prazo parecem as melhores, mas que a longo prazo terminam em dor e decepção.

Ainda bem que as escolhas não são definitivas.

Como seres humanos temos a capacidade de rever nossas atitudes.

E revendo, podemos fazer novas escolhas e procurar assim encontrar o caminho de nós mesmos.