Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de julho de 2008

.....

O silêncio caiu na sua alma pior do que a ira.
Ele não a queria mais.
O adeus estava impresso nos seus olhos.
Ela não era mais criança, entendia os gestos, os não ditos.
Era especialista na vida.

E por não ter nada pra falar, ela calou-se.

E por não ter mais ninguém para amar, ela afundou-se em si mesma.

Recadinho:

Minha irmã em xangô, Dona Preta, toda sorte do mundo pra você, não discuta com o destino, aceite-o.
O universo conspira a favor, você vai ver.
Gosto demais de ti, menina.
Isso é coisa astral.Carinhos.