Total de visualizações de página

domingo, 15 de novembro de 2009

De óculos novos, vejo a vida em trapézio.
Não posso ler jornal, nem o blog do Bruno Mazzeo, minha nova obsessão.
Vida vazando, tudo dessarrumado nessa casa, colchão no chão da Ju  pra economizar o ar condicionado.
A vida rumando e eu sem saídas, louca pra ter respostas, respostas que  nem sei as perguntas, mas não me importa.
Vivo de angústia.
Essa pergunta eterna, que  me ronda, que me ronda, que me ronda...
Eternamente a mesma pergunta que em ataca durante as noites. Velando as penas das almas imortais.
E essa vontade de escrever?De onde vem isso?
Me corrói.