Total de visualizações de página

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A espera da noite é impaciente.
A televisão canta uma musica que me irrita os ouvidos.
Palavras, palavras soltas por torda parte, mas nenhuma me fala  aquilo que realmente quero ouvir.
E a antiga profecia de criança, ronda o jardim assustando as flores
e o mormaço dessa tarde?
Foi aterrador.
Agir ou simplesmesnte esperar?
Esse foi o martírio de Penélope.
e o meu.

Por onde andará Odisseu?

Com a vida por um fio.