Total de visualizações de página

terça-feira, 3 de junho de 2008

lições de marçal aquino


Ha algum tempo li uma entrevista com o Marçal Aquino, no qual ele dizia que sua literatura precisa do estímulo da realidade e, que ele adorava o programa linha cruzada, de onde ele tirava algumas imprensões para sua obras.

Fiquei feliz, porque em meus contos recorro muito às minhas leituras da vida real dos jornais, dos casos que ouço, de programas populares que vejo quando tenho tempo.

Mas me sentia um pouco culpada por isto.

Gosto de romancear a realidade, sem o compromisso do final do feliz.

Percebi que meus contos são feitos das desgraças do dia a dia, sem intenção nenhuma de tirar proveito da vida dos outros.

A vida é cheia de desgraças mesmo.

Pequenas, grandes, nossas, dos outros...

Finda a leitura posso dizer:Marçal Aquino me abriu os olhos e tirou um peso das minhas costas.