Total de visualizações de página

terça-feira, 8 de abril de 2008

Caso Isabela Nardoni


Eu não queria comentar sobre o caso da Isabela por dois motivos:
1º o caso está sendo debatido à exaustão em todos os lugares, e principalmente na mídia sem que saibamos absolutamente nada de novo, só especulações e mais especulações;

E o segundo motivo é pessoal. É pela tristeza enorme de mais uma criança morta, vítima da viôlencia.

Mas ontem estava lendo o depoimento da Xuxa sobre o assunto, e já que ela se posicionou, resolvi também fazer o mesmo.

O primeiro ponto que queria levantar, é porque depois de tantos anos, a Xuxa resolveu utilizar o espaço de um jornal para conclamar a população a lutar a favor das crianças.

E outra coisa que me preocupou foi o tom acusatório do artigo.

O que o caso da Isabela tem de diferente dos outros crimes contra as crianças?

O que tem esse caso que mexe tanto com as pessoas, inclusive com as pessoas públicas omissas?

Talvez o mistério seja os porquês da morte da menina.

Ouço tantas especulações sobre o caso. Todos somos um pouco Hercules Poirots nessa vida. Mas sabe, descobri também que para matar, não se precisa de motivos.

O caso não está resolvido,os resultados das perícias ainda não foram divulgadas.Portanto, ainda não podemos culpar nem o pai e nem a madrasta da menina, ainda mais publicamente;
a policia não tem provas concretras para uma acusação embassada, mesmo que todas as suspeitas recaiam sobre eles;
os suspeitos não tem antecedentes criminais, possivelmente serão soltos pelo Harbeas Corpus;
E se não houver uma confissão? será possível resolver o caso?E se a policia não conseguir provar que o pai e madrasta são os culpados? E se não encontrarem os culpados?

Isabela vira mais uma estatística.

Como tantas outras.

Nesses dias em que vejo a mãe de Isabela sorrindo, não um sorriso feliz, mas um sorriso de força, porque sua pequena não gostava de vê-la triste, me vem sempre a cabeça os olhos da mãe da Alana, a menina morta na guerra do tráfico.

Os olhos postos, baixos, vazios...

Os olhos da mãe da Alana me perseguem, porque são os olhos da impunidade e da injustiça nesse pais.

Sinto tanto por mais essa morte.
Sinto também por todas as mortes, assédios sexuais contra crianças,que acontecem todos os dias e nós sequer ficamos sabendo.

Sinto muito que crianças continuem morrendo de maneira tão violenta.

Espero que o sorriso da mãe da Isabela, não venha fazer companhia aos olhos da mãe da Alana.

Seria demais para minha alma cansada.