Total de visualizações de página

terça-feira, 27 de maio de 2008

...


Ontem fui na perícia do trabalho.Continuo de licença até setembro.

E como ando pensativa, andei digerindo este meu tempo e decidi que realmente algumas coisas precisam ser mudadas com urgência.

Meu médico falou que preciso emagrecer 4kg e 800.

Desde que ele falou isso que estou comendo sem parar, freneticamente.
Não lanchava e sequer jantava.Agora tomo café da manhã com bolo, almoço,lancho, janto, ceio, faço todas as refeições possíveis e até as imaginárias.

Angústia pura.

Porque eu não sei.

Já enviei para meu cérebro a seguinte mensagem: "Você não vou morrer se deixar de comer um pouquinho."
E apelo.
"Inclusive, aquelas roupicthas compradas para a viagem de Buenos Aires, me cairão muito melhor".

Espero que ele decifre.

Também decidi que não vou trabalhar todos os dias, porque isso é uma tramóia de mim mesma.Mentira pura.
Me tranco no quarto com meu lap top, e digo para mim mesma e para todos que estou trabalhando.
Esculacho. Mentira deslavada.
Quando morrer assarei no forno do sr.Sat.

Na verdade, eu confesso.

Fico na internet, fazendo nada, nem sequer entro no site da biblioteca nacional para amenizar a culpa. Fico pesquisando se comer limão na comida emagrece, resenhas de filme, receitas da Ana Maria Braga, bisbilhoto o G1 de cabo a rabo, fuxico cursos que nunca vou fazer, viagens que por enquanto nem sonhos são e, admito que adoro ler o bloglog do Marcos Mion.

Então, decidi em assembléia comigo mesmo:

Postagens dos blogs: todos os dia pelas manhãs.

Outros escritos e leituras: Segundas, quartas e sextas.Horário de 8 às 16h.com 1h e meia de almoço.Sem direito à cochilo. (Uau!)

Terças e quintas: Dias livres para vadiar.

Sabados e domingos:Internet free e passeios familiares.