Total de visualizações de página

quarta-feira, 19 de março de 2008

Não. Não é o Dr. Doug Ross....


Eu tô meio borocoxó hoje.

Acordei péssima depois de uma noite mal dormida.

Senti tantas fisgadinhas na cabeça essa noite e achei que ia ter um troço.

Mas deus me livre e guarde de ir parar na emergência do Hospital N. S. de Fátima às 3 horas da manhã, sentindo fisgadinhas na cabeça!

Logicamente não encontraria nenhum Dr. Doug Ross, personagem do muito comestível George Clooney em ER, para me atender. Muito pelo contrário.

Com certeza, eu acordaria o médico de plantão, que levantaria

P. da vida, falando que o estou sentindo é estresse, e me daria um lexotan pra me fazer dormir, e não encher mais o saco.

Por isso, sem Dr. Doug Ross, o que me restou foi tomar chá de camomila a noite toda e ficar vendo TCM até o sono bater.

Vivendo e aprendendo

Aquela chata da Tatiana saiu ontem no paredão. Graças a Deus... já vai tarde...